Shiva, O Todo Auspicioso

Adwaita Chandra Das Shiva é considerado o deus dos yogis, porque está sempre absorto em meditação na Suprema Personalidade de Deus – a meta última do Yoga. Juntamente com Brahma e Vishnu, compõe a trimurti que rege os três modos da natureza – Tama, Raja e Satwa (respectivamente Ignorância, Paixão e Bondade). Enquanto Brahma é […]

Sauca, a disciplina da pureza

Patrícia Lima Limpeza e purificação são sinônimas de sauca. O primeiro dos niyamas (segundo estágio de yoga que são as observações que devemos ter para conosco) é a ‘faxina’ necessária para a edificação do caminho do yoga. Quando mudamos de casa a primeira ação antes de levar a mudança em si é limpar a casa […]

Tapas, a disciplina que liberta

Patrícia Lima Tapas significa calor. Nas religiões védicas é utilizada para expressar as práticas de austeridades realizadas com o objetivo de se obter algum ganho ou bênçãos dos seus respectivos deuses adorados. Essas práticas de ascetismo muitas vezes eram motivadas por fama, poder e egoísmo. A visão ascética também é comum na história do cristianismo […]

Svadhyaya, o estudo como caminho

Patrícia Lima Sva em sânscrito significa auto, próprio, self. Adhyaya literalmente significa estudo, lição, leitura. Muitos comentadores de Patanjali traduzem svadhyaya como estudo de si mesmo e ainda estendem o conceito para o estudo das escrituras sagradas que levam a compreensão do eu. Essas diferenças de traduções se dão no contexto em que a palavra […]

Santosha, desenvolvendo contentamento

Patrícia Lima Pense num estado que combina duas palavras: ‘inteiramente’ e ‘satisfação’.  Isso é a postura de um yogue que realizou santosha: viver completamente satisfeito, num estado de contentamento. Mas como é possível alguém viver o tempo todo nesse estado? Isso já nos soa como um estado de nirvana, de iluminação. Santosha faz parte dos […]

Ísvarapranidhana, aprendendo a se entregar

Patrícia Lima Ísvarapra?idhãna é um termo em sânscrito composto por duas palavras: ísvara e pra?idhãna. Ísvara literalmente significa “dono do melhor, bonito”, “governante das escolhas, bênçãos,”. A raiz da palavra Ísvara é ís, o que significa “capaz de” e “proprietário, governante, chefe de”. A segunda parte da palavra é vara, que significa dependendo do contexto, […]

Sattva, o poder da verdade

Sattva significa verdade e faz parte do primeiro dos oito passos para se alcançar o estado de yoga. Mas é possível existir uma verdade na qual exista um detentor? E o que é verdade? Do latim, veritas, significa a verdade que pode ser demonstrada com precisão; do hebraico, emunah, verdade com origem na confiança, do […]

Aparigraha, a arte de evitar distrações

Pari significa “de todos os lados” e graha significa “pegar”.  O termo parigraha tem a conotação de pegar, levar, reivindicar, cobiçar tudo o que vemos de todos os lados. Patanjali, sabiamente, instrui os yogues sobre o perigo de acumular posses. Nossa orientação de vida nos leva a pensar no futuro, poupar, pensar numa aposentadoria tranquila, […]

Brahamacharya, a energia criativa

Brahmacharya é uma palavra composta de duas outras em sânscrito: brahma, que literalmente significa infinito, grande, demiurgo e acharya, que significa exemplo. Brahma também é o nome do deus considerado o criador do universo, pertencente à trindade hindu. Existem vários mitos no hinduísmo sobre Brahma e a criação do universo, mas o que nos cabe […]

Asteya, sentindo-se amparado

Asteya é o conceito do sânscrito que significa ‘não roubar’. Isso não é algo novo, como acontece com todos os conceitos éticos propostos por Patanjali nos seus Yoga Sutras. Mas ainda assim temos muito que aprender sobre asteya. Os Yamas como já sabemos, são regras para o bem viver em sociedade e reflexão sobre a […]