As verdadeiras transformaes so silenciosas e progressivas, nunca espetaculares e repentinas. Dalai Lama
ARTIGO
[ Voltar ]
Postada em 03/08/2016 às 13:53:30
Yoga emagrece?



O Yoga nos ensina que temos vários "corpos" (Kósas, que no idioma Sânscrito significa invólucros). Cada um desses corpos tem a sua função. Quando algum deles está em desarmonia aparecem os desequilíbrios na forma de doenças. Um dos objetivos do yoga é nos mostrar a existência desses "corpos", equilibrando-os para que possamos nos sentir plenos. Essas camadas do nosso ser são densas e também sutis. A camada densa é o nosso corpo físico (Manomayakosa) que é constituído pelos ossos, músculos, pele, órgãos internos e sistemas que são responsáveis por mantê-lo em funcionamento. Mas o corpo físico não é "sozinho". Para que possamos existir enquanto seres humanos temos ainda as camadas sutis que são conceituadas como "não físicas". Uma delas é chamada de Prana pelos Hindus, Chi pelos Chineses e Mana pelos Havaianos. Essa energia que permeia todas as coisas vivas é hoje estudada pela ciência e já se tornou especialidade médica que é acumpuntura. A primeira camada sutil que temos é chamada de corpo de energia (Pranamayakosa) que é responsável por distribuir energia ao nosso corpo físico. Quando essa energia (Prana, Chi ouMana) não circula livremente pelo nosso corpo pode provocar alguma doença no nível físico. Outra camada sutil é a nossa mente e emoções (Manomayakosa) onde reside nossa capacidade de cognição, reflexão e comportamento. Quando a mente e emoções funcionam em total harmonia, evitando os apegos e aversões excessivos, a nossa energia (prana) circula livremente no corpo que por sua vez mantém a saúde do físico. A mais sutil de todas as camadas é a consciência (Vijnanamayakosha) que é o nosso poder de discernimento, de fazer escolhas saudáveis e maduras, de observar nossas atitudes e emoções e nos mostrar a necessidade de agir na direção correta. Aprender a ouvir e acessar a nossa consciência é a chave para uma existência mais tranqüila. Existe uma diferença muito grande entre a mente e a consciência. A mente em desequilíbrio exerce uma influência muito maior na nossa vida do que a consciência e acalmar os pensamentos e emoções para que a consciência possa "falar" mais alto que a mente é a ação mais assertiva para o sucesso em todos os aspectos da nossa vida. Somos "dirigidos" pela mente e emoções quando estamos em desequilíbrio, incapazes de ouvir o que na maioria das vezes já sabemos. A vida moderna nos exige produção o tempo todo. Vivemos de resultados no trabalho, estudo, na vida familiar e nos relacionamentos. Temos pouco tempo para reflexões producentes.
Buscamos satisfação instantânea e evitamos o que não gostamos. A nossa mente em desequilíbrio é a grande mestra dos comandos: "eu quero/não quero", "eu gosto/não gosto". Quando somos capazes de ouvir plenamente a consciência, descobrimos a existência do nosso ser. Esse ser é a nossa essência, nossa alma que habita o corpo físico juntamente com o corpo de energia, mental e emocional e a consciência. Assim descobrimos que o ser, a consciência, a mente e emoções, o corpo de energia e o corpo físico na verdade é um só. Quando negligenciamos o corpo físico e isso gera sobrepeso ou obesidade queremos fórmulas mágicas para resolver o problema. Falta-nos disciplina para a dieta e exercícios físicos. E essa disciplina difícil de ser acessada nos gera frustração, ansiedade, descrédito, aversão e apego ao que nos gera satisfação rápida. Veja aqui a presença da camada mental e emocional atuando... Onde está a consciência? Por que ela fala tão baixo? Como aprender a fazer a coisa certa sem nenhum sofrimento? Yoga não é mágica, Yoga é experiência. Ensina-nos a despertar e fortalecer a consciência, a nos vermos como um ser holístico e como lidar com uma mente inquieta repleta de desejos e relutâncias. Emagrecer é trabalhoso já que requer de nós uma consciência mais elevada para efetuarmos escolhas mais acertadas. O Yoga tem uma função de purificação nos níveis físico, energético, mental e emocional e pode ser um grande aliado no processo de emagrecimento. Para que essa purificação aconteça o praticante deverá, com uma boa orientação, intensificar a prática de quatro a seis vezes semanalmente para que os ásanas (posições físicas) atuem diretamente no físico eliminando as toxinas, flexibilizando as articulações, fortalecendo e alongando os músculos. Os exercícios respiratórios são responsáveis pela distribuição de energia. O relaxamento é a ferramenta que ajuda a aquietar a mente e a meditação nos coloca em contato com a nossa consciência. O objetivo do yoga é conexão com a gente mesmo e com o Divino. Para isso é necessário discernimento e, consequentemente, libertação dos apegos e aversões. Quando existe cuidado com todas as camadas do nosso ser, temos plenitude, equanimidade e um sentimento de felicidade verdadeira. E isso reflete no corpo físico, na mente e emoções.

© 2013 Shakti Yoga - Todos os direitos reservados
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem autorização prévia - Resolução mínima recomendada 1280 x 960 pixels